Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

Haja recomeço… hajam sempre recomeços… – por Karina Petroni Fischer

Errou da primeira vez. Não contente, errou também na segunda, na terceira e sabia, por algum instinto assassino que errariam mais algumas boas vezes até que o bolo se tornasse