Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

ikebana3Diante dos problemas ambientais envolvendo a Serra do Gandarela, a Floricultura Ikebana Flores está disseminando o desenvolvimento sustentável nessa região, por meio das redes sociais. A cerca de 40 km de Belo Horizonte MG, entre a Serra do Curral e a Serra do Caraça, Gandarela tem uma expansão territorial que compreende os municípios de Barão de Cocais, Caeté, Santa Bárbara, Rio Acima, Raposos e Itabirito. Segunda maior floresta de Mata Atlântica de Minas Gerais, a Serra do Gandarela está severamente ameaçada por desmatamentos não autorizados, além da mineração que coloca em risco o que é considerado a maior extensão de Cangas ferruginosas do Brasil.

A região ainda não sofreu a extração absoluta dos seus recursos minerais, nem a interferência urbana, por isso, o Movimento Águas do Gandarela e seus apoiadores batalham pela criação do Parque Nacional, que protegerá o local e toda a sua bacia hidrográfica – Rios Doce/Piracicaba e São Francisco/Rio das Velhas. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) está analisando há 2 anos o  projeto do Parque Nacional, que irá envolver aproximadamente 20 mil hectares de área preservada de Mata Atlântica de Minas Gerais.

Apoiando a iniciativa de concepção do Parque Nacional como alternativa de preservação do Gandarela e contribuindo com a diminuição das áreas devastadas do local, a Ikebana flor online  BH está plantando mudas endêmicas nas áreas mais afligidas pela mineração em nome dos blogs/sites que divulgarem a campanha Plante uma Árvore. As ações do plantio estão sendo noticiadas no site da floricultura, confira aqui

Por: Thais Alessandra, do Coletivo Ciranda

Comentários(3)

  • 4 de setembro de 2013, 17:34  Responder

    Muito obrigada por nos apoiar com essa causa 🙂 Grande abraço, Thais Alessandra da Floricultura Ikebana Flores.

    • 9 de setembro de 2013, 09:26

      Olá Thais, mais uma vez parabéns! beijos, Claudia Franco

Deixe um comentário