Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

como viver em São Paulo sem bike 2A terceira edição do livro “Como Viver em São Paulo sem Carro”, publicado pela editora Santa Clara Ideias, já está disponível nas livrarias.

O objetivo do livro, além de monitorar a mudança do hábito dos moradores da capital em relação aos meios de locomoção urbana, também visa incentivo-las a deixarem os carros na garagem. O livro apresenta 15 personagens, intitulados como Heróis da Mobilidade, por trazerem soluções para que os paulistanos deixem os carros em casa, como os jornalistas Fabíola Cidral e Alberto Villas, o renomado chefe da TV Carlos Bertolazzi, a empresária Cláudia Franco, da Ciclofemini, empresa especializada em ensinar pessoas a pedalarem e perder o medo de andar de bicicleta, a atriz Fernanda D´Umbra que se desfez do carro por acreditar não valer mais a pena dirigir em São Paulo, entre outros.

Idealizado pelo empresário Alexandre Lafer Frankel, e editado pelo jornalista Leão Serva, o livro busca repetir o padrão das edições anteriores, mas com um viés de autoajuda para os “viciados em carro” tomarem alguma coragem em prol à mobilidade.

O livro também trás uma pesquisa inédita, realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe), feita em julho de 2014. Destaca que 63% dos paulistanos não viram melhora nos transportes coletivos e 24% consideram que houve pequenos.

Foram entrevistadas 600 pessoas e descobriu-se que 30% das pessoas que deixaram o carro na garagem para adotarem algum tipo de modal oferecido pela cidade – transporte ônibus, trem, metrô ou bicicleta -, se desfazem do veículo entre o 1º e 24º mês.

Embora o número esteja abaixo da metade, já reflete uma mudança do comportamento das pessoas, uma vez que isto pode estar associado diretamente ao aumento de ciclovias na cidade e corredores de ônibus. Atualmente, aqueles que abandonaram o carro utilizam mais metrô (42%) do que ônibus (35%), sendo que 8% se beneficiam com os dois tipos transportes.

Outro dado associado diretamente ao excesso de cobrança dos paulistanos nas melhorias da cidade é o fato de 80% dos moradores da capital paulista acreditarem que o trânsito é a principal ou umas das principais causas de estresse na atualidade. Este número é 5% menor se comparado a mesma pesquisa do ano anterior.

Além das entrevistas e da pesquisa o livro apresenta um interessante roteiro de bares, exposições, casas de show e outros programas que o leitor poderá fazer sem precisa usar o carro.

O lançamento oficial do livro será no dia 11 de Dezembro na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi, piso 3 às 19h00.

Comentários(0)

Deixe um comentário