Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

bike no japãoUma das coisas que mais surpreende quando vamos ao Japão é a quantidade de pessoas que utilizam a bicicleta como seu principal meio de transporte, independente da idade, sexo, posição social ou independente de ter ou não um carro na garagem. A Cultura da Bicicleta faz parte do cotidiano e estilo de vida japonês.

Como o próprio Wikipédia diz: Podemos chamar de “cultura da bicicleta” toda e qualquer sociedade em que uma boa porcentagem da população tem a bicicleta como um veículo utilitário. Assim acontece com vários países europeus e asiáticos como Dinamarca, Holanda, Alemanha, Suécia, China, Coreia e Bangladesh. Devido ao grande número de ciclistas, esses países acabam por criar uma infra-estrutura mais desenvolvida para ciclistas, com direito a ciclovias segregadas nas calçadas e extensas instalações que servem como estacionamento urbanos para bicicletas, geralmente em locais de grande tráfego como estações de trem.

Leia mais>>>> você será direcionado para o site Japão em Foco

Comentários(2)

  • jorge t.hino
    7 de maio de 2013, 20:37  Responder

    Eu já morei cinco anos no Japão e sempre utilizei a “jdidensha” (bicicleta) como meio de transporte tanto para trabalho como para o lazer. A primeira coisa que se nota ao pedalar pelas ruas japonesas, além do grande número de bicicletas, é a facilidade de se conduzir uma bicicleta devido a disciplina, educação e organização do povo japonês. Não somos vistos como um estorvo pelos motoristas e tão pouco somos hostilizados como acontece aqui na Terra Brazilis.

    • 3 de outubro de 2013, 22:06

      Olá Jorge
      Leituras de culturas diferentes causam inevitavelmente sensações variadas.

      No seu caso, imagino o contraste.
      Conhecemos uma pessoa maravilhosa (ciclista) que conhece muito sobre a cultura japonesa. Ela tem livro escritos.
      Caso queira o contato dela para uma conexão avise-me

      Tenhamos fé,
      Bons giros,
      Marcello Instrutor Ciclofemini.

Deixe um comentário