Esta é a pergunta frequente que as pessoas me fazem quando digo que tenho uma escola de bicicleta, e que sou professora.

Para quem aprendeu a andar de bicicleta quando criança e não parou mais, é um pouco complexo entender que há muita gente que não sabe pedalar.

Para quem nunca aprendeu quando criança, na fase adulta é muito mais difícil tomar a decisão de tentar aprender, primeiro porque as pessoas se constrangem, depois porque acham que não conseguirão,  que não tem equilíbrio, porque desconhecem profissionais que ensinam, porque não veem o uso da bicicleta como algo que necessite ser levado a sério, porque se acham velhas demais, entre tantas outras crenças.

Como disse, tudo isto é crença. Aprender a andar de bicicleta é como aprender qualquer outra atividade física ou esporte que nunca tenha feito antes. Basta vontade, disposição e mente positiva, o restante fica por conta do instrutor.

O curso é também indicado para quem aprendeu a andar quando criança, mas depois de jovem parou e está há muito anos sem pedalar.

E como saber se precisa fazer um curso?

Se você não sabe andar, a forma mais segura e rápida é contratar uma escola ou profissionais com experiência comprovada para lhe dar as aulas. Aprender sozinho não é fácil, além do que poderá adquirir vícios que depois serão difíceis de serem tirados, poderá sofrer quedas desnecessárias machucando-se, não terá noção das técnicas adequadas à boa condução da bicicleta. O profissional lhe dará todas as orientações, desde o posicionamento até técnicas mais avançadas de pilotagem da bicicleta, como também orientação para a compra da bicicleta, vestuário e acessórios.

Para quem está sem pedalar a bastante tempo, é normal que a habilidade e destreza estejam comprometidas. O melhor a fazer é participar de algumas aulas para colocar o desempenho em dia, aprender novas técnicas, se atualizar com o que existe no mercado seja para a prática esportiva, lazer ou meio de transporte.

Para saber se necessita de um curso, veja a lista de verificação abaixo. São técnicas simples e básicas para uma pilotagem com segurança e conforto. Se responder não a mais de 5 perguntas é recomendado que participe de algumas aulas para não passar por dificuldades constrangedoras ou por situações que possam colocar a sua integridade física em risco.

1.       Consegue pedalar em linha reta por lugares estreitos?

2.       Consegue fazer curvas fechadas tanto para a esquerda quanto para a direita?

3.       Consegue pedalar em linha reta segurando o guidão com apenas umas das mãos?

4.       Consegue fazer um zigue zague entre obstáculos cuja distância aproximada entre os obstáculos é de aproximadamente 2m?

5.       Consegue pedalar em pé e  usar este recurso para subidas, descidas e/ou  transposição de obstáculos?

6.       Sabe trocar marcha de forma a fazer o aproveitamento das mesmas para transpor subidas ou melhorar o torque da bicicleta nas retas?

7.       Consegue subir e/ou descer guias de calçada?

8.       E quanto à altura do selim? Consegue pedalar sem que necessite colocar os pés no chão?

9.       Consegue pedalar tranquilamente em lugares com muita gente, animais e crianças transitando?

10.   Sabe quando deve utilizar o freio da frente, o freio traseiro ou ambos?

Como qualquer outro esporte ou atividade física, o andar de bicicleta deve ser levado a sério, pois é uma atividade que o coloca em movimento muito rapidamente e demanda destreza, raciocínio rápido do condutor para evitar acidentes e tirar proveito dos inúmeros benefícios que a bicicleta lhe proporciona.

Para quem tem boa habilidade com a bicicleta os cursos técnicos são recomendados no que se refere ao aprendizado de novas técnicas e fixação das mesmas. O curso para aprender pedalar com segurança no trânsito, o ciclista conhecerá não somente novas técnicas como também equipamentos e vestimentas adequadas, assim como as leis e regras para a boa e correta condução da bicicleta nas ruas da cidade. Os cursos de mountain biking são indicados para quem pretende iniciar na prática ou quer melhorar o desempenho a fim de participar de passeios, cicloviagens e competições.

Investir em si mesmo, no seu aprendizado é a melhor forma de utilizar o seu tempo e recursos financeiros.

Participar de cursos é uma decisão inteligente para aprender e desenvolver-se rapidamente, relacionar-se com outros praticantes da atividade, com profissionais, de atualizar-se e divertir-se.

Então…Bora Pedalar!!