O Brasil cresceu em vários setores melhorando a qualidade de vida das pessoas, no entanto há muitos setores que ainda impõem desafios, um deles sem dúvida é a educação.

A educação não é composta somente pelos conhecimentos que se aprende na escola, mas sim um conjunto de conhecimentos adquiridos em todos os setores de relacionamento do indivíduo.

A educação é fundamentalmente um processo originado e desenvolvido numa relação entre pessoas.

É um grande desafio motivar os jovens a ter esperança no futuro, a se decidirem pelo caminho correto, por isto acredito que todos devamos assumir este desafio sem prazo de termino.  

A determinação dos educadores que pude presenciar na Escola Estadual Pio Telles Peixoto, situada na Vila Jaguara, na cidade de São Paulo, me inspirou ainda mais e me ajudou a compreender o quão necessário torna-se a presença de cada indivíduo da sociedade em ações solidárias de forma a cooperar com estes educadores na jornada da educação.

Mais uma vez me senti cidadã. Ao entrar na escola e encontrar aproximadamente 100 curiosos adolescentes fiquei convicta que tomei a decisão certa ao aceitar o convite da professora de história, Sandra Lozzano para ministrar uma palestra durante a Semana Cultural da América Latina que estava sendo realizada na escola.

A Prof. Sandra, por saber que eu havia participado de uma competição na Patagônia, sugeriu que eu fosse até a escola apresentar a seus alunos a minha experiência como atleta amadora, a falar da importância da atividade física e também da região da Patagônia. Apoiada pelas professoras de biologia Priscila Marques Ribas e de educação física Sandra Altman, organizaram o calendário da semana de forma a abrir espaço para a minha palestra.

Estas professoras demonstraram que não existe uma única cartilha para a educação, o que existe é muita vocação, muita boa vontade, muito empenho e enorme determinação na difícil arte de educar!

Primeiramente agradeço a Deus e ao Universo por me abrirem mais esta porta. Poder falar diretamente com jovens em formação. Poder plantar algumas sementes e continuar trabalhando para que germinem e produzam bons frutos. Agradeço as professoras Sandra Lozzano, Priscila M. Ribas e Sandra Altman, pelo apoio a minha palestra.

Mais que Amiga da Escola, sou amiga de quem tenta fazer da escola uma real oportunidade de crescimento, conhecimento e sabedoria.

Fotos da palestra clique aqui

Vídeo da palestra clique aqui