Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

Hoje acordei pensando no Impossível. No dicionário, a palavra impossível tem os seguintes significados:

 1-      Que não pode existir ou realizar-se,ex.: Uma missão impossível, É impossível falar com ela.

2-      Insuportável infernal, ex.: Impossível de aturar

3-      Difícil de acreditar, ex.: Isso é impossível! Não acredito!

 4-      Impossível aquilo que é muito difícil de alcançar, ex.: fazer o impossível para curar

Quanto mais analiso mais chego à conclusão de que a minha definição do impossível está intimamente ligada a definição do item de número três acima, “Difícil de Acreditar”.

 Penso que quando acreditamos ser possível, nada nos impedirá de realizarmos aquilo que queremos.

 O Impossível está na limitação do nosso desejo, do nosso acreditar.

 Quem nos delimita e nos impede de realizar o “impossível” única e exclusivamente, somos nós mesmos.

 Baseados em nossas crenças acreditamos ou não que somos capazes.

Quantas crenças de impossível você tem? Alguém lhe falou que você é incapaz de realizar algo? Alguém o aconselhou a não realizar algo por achar perigoso ou simplesmente por achar impossível?

Se alguém o limitou lembre-se que o impossível está somente na cabeça deste alguém, pois este alguém acredita que ele e ninguém mais consegue realizar aquilo que lhe parece impossível.

Tenha você adotado a crença de alguém ou tenha você criado a sua própria crença, saiba que você é autor das suas próprias limitações e tem todo o poder de criar novas crenças positivas como a crença da possibilidade.

Quantos de nós acreditamos que os mineiros soterrados na mina de San José no norte do Chile sairiam vivos após 69 dias?

O segundo mineiro a alcançar a superfície, Mário Sepúlveda, disse “Estive com Deus e com o diabo. Os dois brigaram e Deus venceu”.

Deixe que na sua briga interna o Possível vença. Foque nos seus objetivos, na sua força interminável de tornar tudo o que você deseja possível.

  http://www.youtube.com/watch?v=cMekP6Jm_lY