Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

av eliseu de almeidaA ciclovia da avenida Eliseu de Almeida está começando a sair do papel. Prevista desde 2004, foi inaugurada parcialmente no último sábado (14/06). Os 2 primeiros km da obra, entre as ruas Camargo e Santa Albina, ainda deve se conectar ao município do Taboão da Serra e ao metrô Butantã.

Na terça-feira anterior à inauguração (10/06), mas já com a ciclovia quase pronta, a Ciclocidade realizou a terceira contagem de ciclistas na avenida e registrou um aumento considerável no número de mulheres pedalando. Ao contrário dos anos anteriores (2010 e 2012), a contagem foi realizada em um dia chuvoso. Ainda assim, o número de ciclistas cresceu: durante as 14 horas de contagem, foram 648 pessoas em bicicletas, contra 561 registrados em 2010.

O grande destaque no resultado deste ano foi o crescimento proporcional no número de mulheres: de 9 ciclistas em 2010 para 45 em 2014. O estudo realizado pela Ciclocidade comprova o que já havia sido notado em outras cidades: a construção de infraestrutura cicloviária possibilita não apenas o aumento do número de usuários, mas também a diversificação socioeconômica, de gênero e de idade entre os cidadãos atendidos. Ou seja, democratiza ainda mais o espaço urbano ao promover o deslocamento em bicicletas também por idosos, mulheres e crianças.

leia mais em Ciclocidade

Comentários(0)

Deixe um comentário