Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

eu estive lá....

Dois anos atrás quando comecei a pedalar só de ouvir no nome Big Biker minhas pernas tremiam.

Desde então sonhava em participar desta competição e finalmente meu sonho foi realizado nesta última etapa do campeonato de 2011.

Eu e o professor Arnaldo participamos em dupla como um pré treino para o Brasil Ride.

A trilha é muito dura, é para profissionais experientes ou então para quem tem um sonho na cabeça e sabe que só há uma opção pedalar, pedalar e pedalar.

A palavra desistir não faz parte do vocabulário destes bikers sonhadores.

Eu e professor Arnaldo somos grandes sonhadores.

Pedalando um do lado do outro o silêncio é o nosso maior companheiro, neste silêncio há muito respeito, paciência, muita atenção, muita amizade e parceria. Este silêncio invadido pelo cântaro dos pássaros, pelo barulho das engrenagens da bike, ou pela respiração ofegante são as únicas coisas que interrompem a nossa concentração para nos lembrar que a missão é maior, não é apenas completar o percurso, é conseguir chegar inteiro, é conseguir provar para nós mesmos do que somos capazes, é a realização de um sonho.

Por um Fio Team

Depois de uma certa idade o desejo de paz, de tranqüilidade, de viver uma vida saudável em contato com a natureza torna-se mais intenso, mas ao mesmo tempo, para os bikers sonhadores, o movimento, o agito, o coração acelerado, a adrenalina, o suor correndo pela cara fazem parte deste cenário e tudo isto se resume no mountain biking.

O mountain biking é para qualquer idade, é para quem tem coragem, é para quem quer ter amigos.

Praticando mountain biking me descobri como uma nova pessoa. Tornei-me mais feliz, mais completa, mais saudável.

No mountain biking descobri a força interna que eu tenho, que não me deixa parar, que me move na direção de todas as possibilidades.

Fotos do BigBiker: http://www.flickr.com/photos/bikerfearless/sets/72157627478744737/