Ciclofemini
Ciclofemini
Ciclofemini

Ganhos da Maturidade

Depois de romper a barreira dos 50 anos passei a entender mais profundamente os ganhos da maturidade. É como se uma nuvem se abrisse e para finalmente conseguir enxergar o que realmente importa na vida.

É de certa maneira duro perceber que você está nesta terra há meio século e que seu tempo é limitado. Nasce um sentimento de liberdade e ao mesmo tempo de urgência.

Apesar de ter passado dos 50, me sinto jovem, com muita disposição e com vários planos e projetos de vida em curso. Conversando com minhas amigas que nasceram nos anos cinquenta, sessenta e setenta, que estão na plenitude de suas vidas, todas se rebelam contra qualquer definição relacionada a idade. Assim como eu, nenhuma delas se identifica com o rótulo “mulheres de meia idade”.

Penso que de fato fazer parte do grupo “ageless” (pessoas cuja idade não se define pela cronologia) é apenas uma questão de conceito. A sociedade mudou. A mulher deixou de ser a dona de casa e saiu para o mercado de trabalho.

Extremamente fortes e atuantes as mulheres adotaram outro estilo de vida, uma nova postura mental, colaborando para a adoção de uma imagem mais jovem, mas leve e bem diferente da “matrona”.

Continue lendo: E depois dos 50. Ganhos da Maturidade – arquivo em PDF

Comentários(4)

  • Cris katinskas
    24 de outubro de 2017, 10:58  Responder

    Perfeiro. Me representa

  • Claudia Franco
    6 de fevereiro de 2019, 18:43  Responder

    Olá Adriano, há um bom tempo ficamos sem acesso as mensagens, mas finalmente o problema foi resolvido e somente agora tomamos conhecimento de sua mensagem. Parabéns! Bike é vida! obrigada por nos acompanhar!

  • Ivana Netto
    30 de julho de 2019, 09:11  Responder

    Meu sonho é aprender a andar de bicicleta mas tenho muito medo porque quando eu era criança foram me ensinar e eu caí. Não sei se dá para aprender ainda pois tenho 56 anos mas o sonho continua. Sou agora pelo site ciclofemini que tem pessoas que ensinam adulto a andar de bicicleta mas eu vi que é em São Paulo. Que pena sou carioca e moro no Rio de Janeiro capital

    • Claudia Franco
      21 de outubro de 2019, 16:53

      Olá Ivana, você é jovem e aprender a pedalar acontece em qualquer idade. Pena você não ser daqui! beijos e boa sorte.

Deixe um comentário