Emoção e muita superação na prova de resistência para os ciclistas no “templo da velocidade” em Mogi-Guaçu (SP)

O mais novo desafio do ciclismo nacional: Bike Series 6 Horas Speed estreiou com muito sucesso, graças sua organização perfeita, grande presença de atletas e familiares no autódromo Velo Città, em Mogi-Guaçu (SP), garantindo muita emoção, superação e diversão para competidores e público.

292387_633417_img_6213_1_

O grande campeão foi Francisco Chamorro, ciclista profissional da Funvic Carrefour Soul Cycling Team, que completou quase 57 voltas no circuito, pedalando mais de 187 quilômetros para conquistar o título inédito do Bike Series Desafio 6 Horas Speed!

“Velo Città é um percurso muito bom de competir. Duro, técnico e tem todas as qualidades que um atleta profissional e amador precisa ter. Obrigado pelo convite, espero voltar no ano que vem e agora vamos seguir trabalhando rumo ao Tour da China,” comentou Chamorro, um dos melhores ciclistas da América que fez questão de prestigiar o evento e compartilhar a experiência ao lado de cerca de 300 competidores.

O sol forte brindou o dia perfeito de confraternização com total infraestrutura, segurança e comodidade.

“O local é muito seguro para pedalar com ótima estrutura e consegui andar muito bem e terminar a prova tranquilo,” afirmou o campeão que revelou dados impressionantes. “Fechei com 188 quilômetros, velocidade média de 32 km/h, velocidade máxima 65 km/h, ritmo cardíaco de 150 batimentos, BPM máximo 182, gasto de 3.000 calorias e 3.200 metros de altimetria acumulada,” revela Chamorro que convidou a turma das assessorias esportivas. “Pessoal que treina tem que vir e trazer toda família, é muito importante ter o apoio dos familiares no esporte e pedalar num local fechado é muito divertido para todos,” completa o campeão Chamorro, membro da seleção argentina que usou a prova como preparação para disputar o Tour da China e depois o Campeonato Mundial de Ciclismo no Catar.

No feminino, a ciclista fluminense Daniela Genovesi confirmou o favoritismo para consagrar-se a 1ª campeã do Bike Series Desafio 6 horas Speed. A ciclista bicampeã mundial de ciclismo de Ultra Distância (2011 e 2015) e campeã da RAAM (Race Across América) em 2009, veio para o evento acompanhada por seu filho e agora segue para uma prova de Ultra distância de 800km no deserto de Nevada (EUA).

“Foi uma prova muito mais dura que eu imaginava, essa subida (aproximadamente 7% de inclinação) com mais de 50 metros de altimetria acumulada por volta vai moendo aos poucos. Quando deu quatro horas de prova pensei “ferrou”! Tive que tirar o “coelho da cartola” e usar toda minha experiência em Ultras para completar as duas horas restantes,” falou a campeã que já considera participar do Bike Series: Desafio 3 Horas Speed no dia 19 de novembro no autódromo da Fazenda Capuava, que fica próximo a cidade de Vinhedo (SP).

Convergência esportiva

O Bike Series: Desafio 6 Horas Speed abriu caminho para a convergência de modalidades – automobilismo e o ciclismo no “templo da velocidade” em Mogi-Guaçu (SP), já que o final de semana contou com uma programação extensa no autódromo Velo Città, com a realização da Driver Cup no domingo (28), competição com carros super esportivos, entre outras atrações.

“Fizemos um evento teste no ano passado e o ciclismo foi muito bem aceito no Velo Città. O lugar é muito bonito, com excelente estrutura, como a parte de bastidores, com acesso para as bicicletas, os carros, banheiros, os espaços de convivência… E a parte de pista, que é a mais moderna do país, homologada pela FIA, oferece toda segurança na parte de resgate e sinalização. Portanto, o local tem um suporte excelente para que os competidores possam desfrutar, treinar e para aqueles que vem acompanhar, também possam se divertir,” Dennis Rolim, diretor comercial da Driver Brasil e organizador do Bike Series.

“No automobilismo, os eventos exigem muita segurança e estrutura. E identificamos que nas provas de ciclismo tudo isso não era oferecido, por isso utilizamos o mesmo suporte para o piloto de carro para o ciclista. No caso deste final de semana, realizamos os eventos em dias distintos, um dia bicicleta e outro carro,” acrescenta Dennis, com cerca de 10 anos de experiência de atuação no segmento de eventos esportivos. “Vale lembrar que uma das melhores preparações físicas para pilotar um carro é através do ciclismo. Muitos pilotos também são ciclistas,” completa.

Superação total e satisfação garantida

O participantes literalmente levaram o desafio a sério e a maioria dos atletas encarou a prova individualmente:

“Quando realizamos as 12 horas de ciclismo em Interlagos, achávamos que teríamos poucos participantes na categoria solo. No entanto, fomos surpreendidos com mais da metade dos ciclistas correndo individualmente. Aqui no Velo Città aconteceu a mesma coisa. O pessoal realmente aceitou o desafio! E a característica da prova é mais no estilo “Randonné” que oferecemos toda a estrutura de apoio, em que o ciclista faz a própria hidratação e suplementação. Um detalhe importante da prova no autódromo é que diferente de uma prova de ciclismo que normalmente a família e acompanhantes não conseguem assistir toda a prova, já que às vezes você larga num ponto e termina no outro, ou percorre uma volta longa e retorna horas depois, aqui a cada passagem na reta é vibração total da torcida. É um grande incentivo,” comenta Decio Rodrigues, diretor executivo da Driver Brasil.

A pista que parece ser plana para os carros, no ciclismo demonstrou ser um desafio imenso, com altimetria acumulada que ultrapassou os 3 mil metros para os atletas campeões, além disso o forte calor gerou uma sensação térmica na pista acima dos 40 graus Celsius, sendo outro forte oponente dos ciclistas. “O circuito tem uma altimetria pesada, em que mais da metade da volta é subida, em compensação, o asfalto perfeito, sem nenhuma ondulação ou buraco, encanta aqueles que gostam de pedalar,” relata Decio.

“Essa prova foi demais. A organização super top. Vamos ficar até mal acostumadas, não é Bruninha” concordou a turma animada da equipe Mimi MTB Team, que participou do evento com dois sextetos, formada por atletas de várias cidades. “A gente não estava acostumada com tanta “infra”, tão organizada, pista perfeita,” completou outra integrante. “Nós se divertimos, valeu muito a pena. Superou toda a expectativa e ainda fomos super bem – décimo colocado geral – e sem mimimi,” completou o time.

Estratégias e parcerias

O Bike Series Desafio 6 Horas Speed no autódromo Velo Città foi disputado nas categorias solo, duplas, quarteto e sexteto. Para o controle e segurança dos competidores, a organização montou uma área exclusiva para os atletas com apoio, abastecimento e o local para o revezamento participantes.

Os participantes largaram pontualmente às 9 da manhã, com término às 15 horas, com formato simples, em que o ciclistas que completassem o maior número de voltas dentro do tempo da competição consagravam-se campeões das respectivas categorias. Para as equipes, a estratégia de revezamento foi livre, em que um atleta pedalou por vez, por quantas voltas quisesse.

Uma dupla destacou-se, com logística e parceria perfeita, afinal, além de parceiros na prova, os ciclistas profissionais Daniela Linço (Funvic Soul Carrefour Cycling) e Joel Prado Junior “Maritaca” (Green / Piracicaba) são casados. “Foi sofrido por causa do sol, mas meu parceiro estava muito bem na corrida. Fizemos um treino excelente,” disse Dani. “Só tenho a agradecer ao Bike Series pelo grande evento neste autódromo lindo. É muito legal ter os atletas amadores ao lado, é cativante, pois quando passamos por eles, escutei que tinha motorzinho nas pernas e respondia que eles também podiam chegar lá, basta treinar,” acrescenta Maritaca. “Durante a prova foi muito interessante ver que muitos nos conhecer e apoiam, por outro lado, servimos de inspiração para eles pedalarem mais e terem hábitos saudáveis”, completou Dani, que ao lado do marido, terminou em top 3 geral, apenas atrás de Chamorro e do jovem Gabriel Machado da Silva, de 19 anos, natural de Chapecó (SC), a mais nova promessa do ciclismo brasileiro, que faz um estágio na equipe Funvic.

Aliás, foi unânime, a prova agradou amadores, profissionais e acompanhantes.

“Foi uma experiência bem legal. Gostei muito de pedalar no autódromo. Lugar lindo! Não aguento dar muitas voltas, mas meu sobrinho entra na pista e fica dando várias voltas, aí quando ele para descansar nós entramos na pista,” comenta Paulo Beirão, ciclista amador que participou com uma equipe com seis pessoas formada por amigos e familiares.

Templo da velocidade

Um dos segredos do sucesso do Bike Series Desafio 6 Horas Speed é a proposta de realizar eventos em locais privilegiados, com destaque para o autódromo Velo Città. O circuito com 3.493 metros, 14 curvas e 58 metros de altimetria acumulada por volta garantiu o espetáculo dos ciclistas. Homologado pela FIA (Fédération Internationale de l’Automobile) e pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), a pista está localizada em uma propriedade particular, tornando-se um verdadeiro convite ao universo esportivo movido à velocidade, agora com lugar garantido para o ciclismo.

“O ciclismo não oferece impacto ambiental ou gera ruído, além disso o risco de acidentes é baixo, comparado ao automobilismo,” comenta Camila Maluf, gerente do Velo Città. “É um grande prazer receber os ciclistas, foi uma experiência ótima, que demonstra que estamos receptivos aos novos esportes,” completa Maluf.

Novo padrão de qualidade

O ciclismo nacional eleva de patamar com os eventos Bike Series, que investem numa proposta diferenciada de competições em ambientes seguros e com total infraestrutura para receber toda família e amigos. O evento Desafio 6 Horas Speed contou com supervisão da Federação Paulista de Ciclismo (FPC).

“A Driver Brasil, organizadora do Bike Series, proporcionou aos participantes e convidados uma experiência singular, através de uma infraestrutura impecável, área social elevada com vista privilegiada, espaço kids, praça de food trucks, acesso para portadores de necessidades especiais, área de equipes, além de apoio técnico e equipe de resgate com ambulância,” comenta Vanessa Rolim, coordenadora de eventos da Driver Brasil / Bike Series.

Anote na agenda! – O próximo evento é o Bike Series Desafio 3 Horas Speed no autódromo da Fazenda Capuava, município de Vinhedo (SP), no dia 19 de novembro de 2016. As inscrições para as categorias: Solo, Duplas, Quarteto e Sexteto são pelo site: www.bikeseries.com.br
Monte agora sua equipe e participe!

Resultados

Top 10 geral Masculino
1 – Francisco Chamorro Paiva – 57 voltas
2 – Gabriel Machado da Silva – 57 voltas
3 – Andre Luis Santana Argentin – 56 voltas
4 – William Soares Rebouças – 54 voltas
5 – Paulo Cezar Nunes Cerqueira – 54 voltas
6 – Jonas Garcia Ferreira – 53 voltas
7 – Jose Mario Marianno Neto – 51 voltas
8 – Daniel Rodrigues Cardoso – 51 voltas
9 – Apolo Henrique Torres – 50 voltas
10 – Ronie de Jesus Evaristo Silva – 50 voltas

Top 10 Geral Feminino
1 – Daniela Genovesi – 50 voltas
2 – Regina Kiomi Takahira – 39 voltas
3 – Any Elen Casagrande Kaisermann – 39 voltas
4 – Patricio Rachel Baptista – 38 voltas
5 – Ana Paula Nunes Cerqueira – 37 voltas
6 – Elisete Santos Alvares Rollo – 36 voltas
7 – Priscila Dias Medalha Muller Silva – 32 voltas
8 – Claudia Franco – 31 voltas
9 – Simone Almeida Franco Cintra de Almeida – 31 voltas
10 – Alessandra Gosso Lagun – 30 voltas

Resultados completos pelo site www.bikeseries.com.br

PATROCINADORES DO BIKE SERIES DESAFIO 6 HORAS VELO CITTÀ

MASTER
PORTO SEGURO AUTO PREMIUM
BMW – Puro Prazer em Dirigir
GIACOMETTI

PATROCÍNIO
BMW MOTORRAD

APOIO
DRY BIKE
BSS BLINDAGENS
IMPACTO SEGURANÇA E SERVIÇOS
INSTITUTO EMBRAER
ATELIÊ SILVANA PEREZ

Sobre o Bike Series

O objetivo do Bike Series é levar os ciclistas para locais especialmente preparados para recebê-los, sempre priorizando a segurança. São autódromos e aeródromos particulares, ambientados com toda infraestrutura necessária para realizar eventos em pista, com equipe de resgate, manutenção básica, praça de alimentação e espaço conforto. Os desafios podem ser individuais ou em equipes no formato Flying lap ou Endurance. De acordo com cada regulamento, os ciclistas poderão participar no formato Solo, Dupla, Quarteto ou Sexteto.


www.bikeseries.com.br
.
www.driverbrasil.com.br.

 

Comments(0)

Leave a Comment